quinta-feira, 9 de junho de 2011

POÇÃO - PE





A pequena cidade de Poção está situada no agreste central de Pernambuco, à 241 Km da capital, Recife. Possui um clima frio que varia de 7 a 26 graus, devido sua altitude chegar a 1080 metros no centro e 1200 metros no ponto mais alto do Cruzeiro, lugar esse que carrega mistérios da religiosidade.

O grande atrativo desse lugar é sem dúvida o Cruzeiro (centro de instrução biblíca visual, presépio, cruz e tabernáculo) com mais de 3.000 estátuas de todos os tamanhos, que atrai religiosos católicos de toda região.


O mistério fica por conta de seu construtor e idealizador, conhecido como Frei Henrique Bröker. nascido no ano de 1904 na cidade de Múnster na Alemanha, Otto Henrique Bröker viveu na sua adolescência o grande terror da 1º guerra mundial; chegou a trabalhar em minas de carvão durante o dia e estudar a noite, no qual obteve formação em engenharia civil; mas descobriu que tinha outra vocação, a religiosa, e a seguiu.



Devido a falta de frades ele foi designado a vir ao Brasil em 1936. No ano de 1962, já ordenado, chega a paróquia de Nª Srª das Dores em Poção. Ao visitar as serras que rodeiam a cidade, o frade reconheceu ali o lugar que desde seus 9 anos de idade esteve presente em seus sonhos; logo deu inicio ao projeto do centro biblico para retratar aos fiéis as passagens do antigo e do novo testamento.




Com recursos fornecidos por parentes e amigos alemãs, o projeto foi concluido em 1980.




Hoje já falecido, o frei Henrique tem seus restos mortais jazidos no próprio Cruzeiro.







O centro biblico possui uma ótima visão da cidade e região, além de várias estátuas de santos, representações do nascimento de Jesus e toda a via sacra, retratada através de artes em pedras, cimento, madeiras ou ferro, variados foram os materiais dessa grandiosa obra de fé.










Tudo construído de forma harmoniosa com a natureza, transmitindo paz e fé aos romeiros e visitantes durante todo o ano.







No centro de Poção apresenta-se como destaque a igreja e a praça dedicada a Nª Srª das Dores, padroeira da cidade.








Nos arredores estão localizadas terras dos povos indigenas Xucurus que ainda mantêm vivas suas culturas.





No comércio Poção ganha destaque mundial por ser o maior produtor de renascença (renda de origem européia, tecida em almofadas e cuja aplicações se prestam ao adorno das mais diversas peças). Esse artesanato pode ser facilmente encontrado na feira popular aos sábados. Essa arte além de ser exportada para diversos estados brasileiros, também é exportado para sete países da América, Europa e Ásia.







"Vem Poção mimosa princesa, que o sol beija em sorriso de luz, deposita o amor de teus filhos
junto ao trono da mãe de Jesus..." ( Hino da cidade)